Seu filho e as perguntas sobre DEUS e o Coronavírus...


Por, Priscilla Borges

Talvez nesses dias em casa e com tanta divulgação, seu filho,sua filha esteja lhe fazendo esta pergunta:

Se Deus está no controle por que Ele deixa algo ruim - como essa pandemia do coronavírus - acontecer?

Não é mau ele/ela fazer esta pergunta. É até necessária, pois está crescendo ouvindo sobre nosso Grande Deus e Salvador.

Diga-lhe que devemos buscar a resposta na Palavra de Deus. Ela sempre nos dará a resposta certa.

Antes de tudo precisamos aprender sobre um atributo de Deus que nos ensina que Deus é soberano.

Veja com ele, com ela num dicionário a definição de soberano. Aqui também tem uma boa definição:

Que conserva ou carrega o poder; que retém o poder; que domina; dominador. ...

Quando pensamos em um rei pensamos que ele é soberano: que ele governa sobre todos e que ele dita as leis.

Assim é com Deus: Ele é o Rei e governa sobre todo o universo; Ele também faz as regras. Seu poder é exercitado conforme o Senhor quer, onde Ele quer e quando Ele quer. Leiam:

Isaías 46:9-11

Quando O Senhor Deus decide enviar um vírus, Ele determina onde esse vírus atuará, quando ( de tal dia a tal dia) e como.

Vimos este vírus começar a fazer suas vítimas primeiro na China, depois no Irã, na Itália, avançando pela Europa até chegar até nós no Brasil.

Ficamos perplexos e talvez amedrontados.

Vemos governantes e médicos fazendo de tudo para frear o avanço desta epidemia.

Porém tudo isso não fugiu e nunca foge do controle de Deus.

Deus tem um plano com tudo isso. (Is 55:8;  Rm 8:28,29)

Ele quer que...

PRIMEIRO, olhemos para Ele e reconheçamos que Ele é o Todo-Poderoso, que faz o que Ele quer aonde Ele quer. Ele quer que todos saibam que Ele é o Senhor. Veja nos anúncios das pragas do Egito:  Deus repete isso várias vezes. ( Êx 7:5,17; 9:14,16,29; 10:2; 14:4,18 )

SEGUNDO, examinemos nossa vida. Há pecados para nos arrependermos? Estamos vivendo na Sua dependência ou achamos que damos conta de tudo sozinhos?

TERCEIRO, clamemos a Ele. Você tem orado para que Ele tenha misericórdia de nós e faça com que esta pandemia acabe? Você tem orado pelos missionários mundo a fora? Você tem orado para que o Evangelho seja pregado nesse tempo de crise? Que as pessoas acessem via internet (já que estão confinados em suas casas ) pregadores fiéis a Palavra de Deus?

QUARTO, lembremos que Sua Palavra é verdadeira. Jesus anunciou que haveriam epidemias (Lc 21:11), e elas estão acontecendo. Ele também prometeu voltar. Então se o que ele disse sobre as epidemias é verdade e está acontecendo, então podemos saber e confiar que ele realmente voltará para nos buscar. Porém antes, ele disse aos discípulos - e a nós - que não assustassem, mas perseverassem! ( Lc 21:9, 19; Mt 24:6, 13)

QUINTO, agradeçamos a Ele que em Sua misericórdia tantos enfermos se recuperaram e que muitos cientistas estão trabalhando para achar uma cura. Que tantos têm se voltado para Deus, pedindo Sua sabedoria e reconhecendo o Seu poder (1 Ts 5:18).

Façamos isto e podemos estar certos que Deus sabe o que faz.

Mas compete a nós também fazer a nossa parte.

Deus requer isso de nós. Então lavemos as mãos e fiquemos longe dos outros por um tempo. 

SEXTO, descansemos em Deus. Até mesmo se este vírus nos atingir, Deus é o nosso Refúgio (Salmo 46). Ele também nos disse que nada neste mundo poderá nos separar do Seu amor (Rm 8.31-38). Por sermos humanos somos também pessoas que podem ser atingidas por epidemias. Podemos nos assustar, podemos ver parentes nossos sofrendo, porque esta é a realidade e a conjuntura neste mundo que está sob o pecado e que caiu em maldição. Se não fossem as misericórdias do Senhor por nós (e até por todo o mundo, hoje) há muito já teríamos sido consumidos ( Lm 3.22,23). Porém, temos visto como Deus nos guardou anteriormente de tantos males e pode nos guardar deste. É uma esperança que temos, mas temos fé e confiança de que se algo nos acontecer, Jesus está conosco e nos conduzirá sempre e em todo momento; nunca nos abandonará e nem aos nossos queridos que conhecem e amam o Senhor, haja o que houver, da perspectiva do nosso tempo e história. Nada. Ele nos prometeu muito mais do que apenas um breve tempo e existência sobre a face da terra.

Não é nada bom ficarmos doentes. Mas é uma possibilidade. Se esta possibilidade nos atingir, impossível será perdermos todas as bênçãos de Deus, em Cristo (Ef 1.3).

Curso AnteriorMinha conversa com os pais da Chapeuzinho Vermelho...
Próximo CursoComo uma geração de pais cristãos e muitos líderes de Departamentos Infantis em Igrejas podem estar formando novos ateus? Infelizmente, é isso mesmo que você leu.