GUIA PRÁTICO DE ESTUDO DA BÍBLIA

Que bom que você tem acesso à Palavra de Deus em seu próprio idioma, Agora você precisa lê-la, estudá-la e praticá-la. NISSO estará o seu crescimento espiritual e o seu conhecimento de Deus.

 

AS ETAPAS DO SEU PROJETO

 Se você conhece o evangelho, faz bastante tempo, então você já sabe de muita coisa! MAS, você também sabe que a Palavra de Deus é uma fonte inesgotável de conhecimentos e para abastecimento! Sempre aprendemos sobre assuntos que já conhecemos, mais e mais, pois a Bíblia é atual, viva e eficaz. Aquele assunto para o dia de hoje? Ela tem o que nos dizer (Hb 4.12; Is 55.11)

a) foque no seu assunto.Qual é éle. É uma história bíblica? É um personagem? É uma doutrina?

b) Coloque no papel o que você já sabe sobre ele. Tópicos, passagens, o que ele fez, do que se trata no âmago da história (traição, fé, ajuda, medo...),?

c) Estabeleça termos ou palavras-chaves - do tipo: pensou em Sansão, lembrou-se do quê? Com sua historia, quais pontos posso destacar dentro do meu objetivo no estudo?

Por que essa história ou esse assunto está na Bíblia? Tem um motivo para estar lá e da forma que está. Vá agora mesmo para ROMANOS 15.4 e medite um pouco. Tudo o que outrora foi escrito  [na Bíblia]... tinha pelo menos 4 objetivos! 

No caso de Sansão ( o nosso exemplo). Temos que equilibrar o barco, porque senão, ele tomba! Se enfatizamos só a força ou a desobediência, perdemos muito e deixamos de aprender muitas outras coisas! Por exemplo, sabemos que ele foi um JUIZ de Israel.

  • O que eu sei sobre um Juiz?
  • O que eu sei sobre o que a Palavra de Deus diz sobre um juiz?
  • Por quanto tempo ele foi juiz em Israel?
  • O que se espera da pessoa de um Juiz?

Nos livros Sapiencias, temos o livro de Provérbios!

  • Do que ele trata? Sobre muitas coisas!
  • Das muitas coisas que ele trata, o que quero aprender mais?

E aqui, nesse segundo ponto (e sempre om um caderninho de anotações à mão!)  faça uma boa estimativa:

  • Expectativas - Por que quero/gostaria de aprender isso?
  • Previsão - Quanto tempo vou me dedicar a isso (focado no assunto)? Um dia? Uma semana?
  • Propósito - Com qual propósito vou estudar esse assunto? 

Notas pontuais

  • O que aprendi?
  • O que considerei interessante? O
  • O que ajudou-me a compreender melhor O TODO, dentro do assunto escolhido ou personagem observado.
  • Qual novo conhecimento obtive?


Tantas vezes lemos a bíblia PARA OS OUTROS, seja porque precisamos preparar uma aula, um estudo ou mesmo, um sermão. Ou, até, porqu queremos "mandr algum recado para alguém". Não! Primeiro eu devo ler a Bíblia para mim! Assim, vêm as perguntas À minha pente à medida que leio, estudo e medito. Esse é o nosso quarto ponto.

 Lembra que nós perguntamos, com base em Romanos 15.4, "por que essa história ou assunto está na Bíblia. De suas leituras, anotações e estudo continuado, faça perguntas do tipo:

  • Por que essa personagem apareceu na história? Quem é essa pessoa? De onde ela é? Quais ligações têm com a história?
  • A pessoa fez ou fará o quê, que lhe marcará a vida e mudará a história ou a questão, em um ponto ou outro?
  • Por que ela fez o que fez, ou disse o que disse?
  • Qual era a condição espiritual e moral na época? DO povo? Dessa pessoa?
  • Perguntas que norteiam bem todo estudo: Como?  Por que? Para quê? Para onde?
  • Depois de um tempo, pare um pouco! Vá meditar e pensar um pouco. Estudar a Palavra de Deus É UM PROCESSO que inclui a meditação e os pensamentos sendo movimentados para mais e melhor extração de conhecimentos! Dê uma volta; no carro, se lembrar de  algo, estacione e tome notas do seu pensamento, naquele momento.

Sabendo que todo texto tem um contexto, preciso localizar-me. Se personagem, na história dele e na história do todo da Revelação de Deus. Se assunto ou tema, onde na Teologia Bíblica ele se encaixa e por quê e para que?  E:que postura tem o evangelho sobre esse assunto? Como o evangelho o esclarece e trata sobre ele?

E, finalmente...

 PRIMEIRO E ANTES DE TUDO: 

  • Leia a Bíblia diretamente. A passagem ou a história - Você e as Escrituras! Tudo começa bem, assim.
  • Tome nota depois da leitura feita (se o assunto for mais extenso, sim, tome notas por partes e vá prosseguindo).
  • Não leia as notas de rodapé da sua Bíblia primeiro e depois o texto bíblico. É bem o contrário o que você deve fazer. Notas na Bíblia são de homens. Deixe primeiro o Espírito Santo falar ao seu espírito. Tome as suas notas, primeiro. Isso não quer dizer que você evitará as notas explicativas. Apenas verá como através dela pessoas entenderam a passagem e este entendimento poderá ajudar a ampliar o seu.
  • Comentários bíblicos são recursos preciosos. O Senho Deus dotou o Seu povo com o Espírito Santo e com dons e muitos autores têm sido instrumentos nas mãos do mesmo Espírito par nos ajudarem a entender: contextos históricos e situações de época; pontos doutrinários com coerência, etc. Eles são recursos, nunca a última Palavra. Pregamos e ensinamos a Palavra de Deus e não, a opiniões de denominações ou de homens; de "linhas que gostamos" e aqui, uma ferramenta pde ser muito útil para edificação e maior conhecimento. O que disso passar, não ser´nem prudente e nem sábio. Graças a Deus contamos com muitos comentários e muitos comentaristas sérios e bons. Observe a história de vida de quem escreve com a finalidade de auxiliar o povo de Deus e faça uso desses bons recursos (Hb 13.7)



Curso AnteriorNÃO SE LÊ A BÍBLIA DE UMA VEZ. MAS, CADA VEZ QUE VOCÊ A LER...
Próximo CursoCriando um lindo hábito que pode salvar vidas!